Mundo Vampyr Letter - Informativo da Comunidade Vampírica Brasileira
Assine Grátis: [email protected]   - Inscritos: 576 -
1999 - 2000 © Copyright Mundo Vampyr
- Brasil, Setembro de 2000
- Edição número 7 -

"Senhor, livrai-nos dos seres maléficos, dos seres de sangue...
Eles votam todas as noites, uivando como cães,
errando por aqui e por ali, procurando a sua comida sem nunca serem saciados..."
Salmos LIX, 3 15.16

† Índice †

† Editorial: †

  
Quando pensei em fazer o Letter do Mundo Vampyr, queria algo interessante e periódico, mas não imaginava qual as dimensões que ele tomaria; queria aproveitar a grande fonte de material e de pessoas que poderiam fazer o Mundo Vampyr funcionar. O newsletter do mês de setembro cresceu mais do que o esperado; ficou realmente recheado e obrigou uma mudança no formato da publicação. Sinceramente não sei como será o próximo, mas garanto que a nossa meta é sempre levar para você usuário do Mundo Vampyr, as informações chegam a nossa central de uma maneira interessante.

Este mês em serviços acrescentados, incluímos além de matérias e artigos um novo grupo de discussão, agora sobre RPG, o grupo é o Vampyr-RPG e tratará de temas do universo White Wolf®. Estamos trabalhando muito para inaugurar a página, que agora já tem data marcada; dia 19 de novembro e é claro, terá que ser um sucesso e destinada à força que nos aguarda, pois o Mundo Vampyr é muito mais que vocês podem ver e sentir, o Mundo Vampyr está tomando vida e folêgo, e para cada vida acrescemos de muitas e muitas formas de trabalho.

Espero que todos gostem deste novo boletim, e que continuem ajudando na divulgação, informem, mostre as novidades para seus amigos, pais, irmãos; divulguem o mais que puderem! vamos fazer muito barulho para mostrar que o Mundo dos Vampiros é real. Apresente-mo-nos até a quem não quer saber, pois é a partir disso que conseguiremos o convite para entrar em seus lares, em seus sonhos e dalí tirar a nossa sobrevivência. Atingir àqueles que não esperam ser atingidos; resignar àqueles que atentam falsamente; somos fortes, somos únicos, mas precisamos do convite para entrar em sua vida. Convide, faça-se ser convidado e irá nos ver mais próximos à sua porta e a você do que poderia imaginar.

Qualquer coisa, escrevam; estarei lendo; mas não espere ser respondido sempre! Isso é impossivel.
Um Abraço, e aproveitem o Letter deste mês.
DEUS_NOiTE



Precisa-se †

Precisa-se 1: Precisamos sempre de colaboradores. A busca de material e fontes para pesquisa de vampirismo não é tão fácil de se encontrar. Ajude enviando informações, matérias, notícias 'suspeitas' que aparecem em sua região ou que chegarem ao seu conhecimento. Todo material será verificado e, se aprovado, incluído no boletim do Mundo Vampyr com os devidos créditos. As mensagens podem ser encaminhadas por e-mail: [email protected] ou via postal para - Mundo Vampyr - Caixa Postal 2128 - Ag. Central - São Paulo - S.P. Brasil - CEP 01060-970

Envie recortes de noticias suspeitas, informações, o que vc achar que pode ser relacionado com o assunto em questão, ajude sendo um colaborador do Mundo Vampyr. Você pode ganhar muito mais que um obrigado com isso.

Precisa-se 2: Vendedores. O Mundo Vampyr para funcionar estará vinculando anúncios em seu site e serviços; o jornal períodico (zine vampyr), entretanto para funcionar é preciso que se auto sustente com anúnciantes ou pessoas interessadas em patrocinar a impressão e distribuição. Estamos trabalhando para criar e manter nossa área comercial e assim conseguir melhorar nossos serviços; possuimos alguns estudos e folders para apresentação, se vc se interessa em ser um vendedor do Mundo Vampyr, entre em contato: [email protected]


 

Envie o Newsletter para um amigo!
Assinar:  [email protected]
Cancelar: [email protected]
† Notícias †

21/09 - Pedreiro devora seu patrão

CAIRO, 21 set (AFP) - Um pedreiro egípcio degolou seu patrão e depois o esquartejou, comeu alguns dos pedaços e bebeu seu sangue, tudo isso porque não recebeu seu salário, informou esta quinta-feira a polícia. Ahmed Hachem, 28 anos, matou com 25 facadas Abdel Aziz Mahmod, um empresário de 56 anos. Os dois tinham chegado ao acordo de que Hachem receberia 15 libras egípcias (4,17 dólares) diárias para fazer trabalhos de restauração na mesquita Al-Kordi do bairro popular de Sayyeda Zeinab, mas ao ver a qualidade do trabalho o empresário decidiu demitir o pedreiro no primeiro dia e só lhe pagar 13 libras.

19/09 - THQ Lança BtVS para o sitema do Game Boy Color
Fonte: Press Release

THQ Inc. anunciou hoje o lançamento de Buffy the Vampire Slayer para Game Boy® Color. Licenciado pela FOX Interactive e desenvolvido pela GameBrains o jogo é baseado no fenômeno da televisão, Buffy the Vampire Slayer e esta disponível para venda nacional (NT: nos EUA) "Buffy the Vampire Slayer têm mantido a sua popularidade na WB ano após ano, com mais 4 milhões de telespectadores por semana, está entre os 3 programas mais assistidos da rede", diz Germaine Gioia, vice presidente, e licenciados da THQ, "Nós estamos contentes de trazer a mesma ação de Buffy the Vampire Slayer para fãs de todas as idades ao Game Boy Color."

Buffy the Vampire Slayer para Game Boy Color permite o jogador explorar 8 locais familiares do seriado incluindo uma velha mansão, o Zoológico de Sunnydalde e o Cemitério. Como Buffy, jogadores lutam contra demônios e destroem vampiros. O jogo também contêm sequências de estória que permite ao jogador interagir com os personagens do seriado como Willow, Xander, Anya, Giles, Cordelia e Angel. Adicionalmente, Fox Interactive anunciou anteriormente o jogo Buffy the Vampire Slayer para as plataformas PlayStation, Dreamcast e PC .

Desenvolvido pela The Collective, que têm base no sul da Califórnia que estará dipoível na Primavera de 2001.

19/09 - Oficial Site Buffy

A atriz Sarah Michelle Gellar está lançando um web site oficial - porque ela já está de saco cheio de pessoas tentando fazer se passar por ela. A estrela de Buffy - A Caça Vampiros (1997) admite que nunca teve um endereço de e-mail - ela é crente na forma convencional de carta. Mas um dilúvio de falsas Gellars surgem on-line e induzem os fãs a pensarem que elas são de fato a nossa caçadora. "Uma ou duas vezes por semana eu ouço a respeito de pessoas que se fazem passar por mim. Se alguém disser que tem meu endereço de e-mail ou que falou comigo em alguma sala de chat, não sou eu. E esta é uma das razões pela qual eu quero lançar meu website. Eu espero que as pessoas saibam que existe um site oficial, e que este é o único lugar que eu irei estar".

16/09 - Vitório, o Vampiro

O mais novo livro de Anne Rice traduzido para a lingua portuguesa pela editora Rocco foi lançado no dia 16 e pode ser encontrado por R$ 22,00 em algumas livrarias.

Sinopse: Com todos os encantos de seus palácios, bibliotecas, igrejas e museus, Florença - a antiga capital da Toscana às margens do rio Arno - é o mais importante cenário da história de Vittorio, que morreu para a existência humana aos dezesseis anos. Retomando o estilo usado em Pandora, Anne Rice apresenta mais um romance em que um vampiro relata a própria vida, aliás, as suas vidas: a de humano mortal e a experimentada no mundo dos não-vivos. Vittorio di Raniari era rico, feliz, letrado, apaixonado pela pinturas dos grandes mestres da escola florentina, e sua formação completa de cavalheiro era ponto de honra para seu pai. Numa noite, entretanto, este se recusa a entregar crianças de suas terras a vampiros, o que muda por completo a vida de todos. Os vampiros se vingam dizimando, sem piedade, a família num ataque ao qual apenas Vittorio sobrevive. Amadurecido pelo sofrimento, o menino vai em busca de socorro, descobre a subserviência de uma cidade inteira aos vampiros da Corte do Graal de Rubi e desta se torna cativo, embora um rebelde cativo. Com a ajuda de anjos, destrói a macabra corte e quase se liberta do mundo das trevas, mas não resiste à paixão por Ursula - a sensual vampira que o põe a perder. A bem fundamentada ambientação histórica, o caráter dos personagens - humanos, anjos e vampiros - a exposição das vaidades, das misérias e dos jogos de sedução, a descrição tão visual dos acontecimentos, entre outros aspectos, vão envolvendo o leitor com a história de Vittorio. Vampiro que não foge da cruz, entra em igrejas, conversa com padres e anjos, mas que não pode se expor à luz do sol, ele é uma vítima da própria inocência e de seu primeiro e único amor.

14/09 - Buffy é Presa!

Sarah Michelle Gellar ("Buffy") presa por dirigir bêbada? Isso foi o que o "Fashion Wire Daily" divulgou (por "cerca de 60 segundos", diz o Web site) antes de publicar a notícia correta. Na verdade foi a "outra Buffy", a atriz Kristy Swanson, que fez o filme "Buffy, a Caça Vampiros" em 1992, que foi presa na noite da última sexta. Mas os agentes de Gellar ficaram furiosos com o engano do site. "Meu Deus! Essas pessoas nunca assistem os jornais?", disse a agente da atriz ao jornal "New York Post". O único problema com Gellar, segundo o "Post", é que ela pegou um resfriado numa festa antes da cerimônia do Emmy.

01/09 - Um camponês da Nicarágua disse ter matado um "chupa-cabra"
(Copyright Associated Press. Todos os direitos reservados)

Às 4:48 PM hora de Nova York (2048 GMT) MANÁGUA -- Jorge Luis Talavera, um criador de ovelhas do oeste da Nicarágua, afirmou a jornais locais ter matado com escopeta um suposto "chupa-cabra". Uma suposta foto do animal foi publicada no dia 30 de agosto, pelos principais matutinos do país, ao lado do caçador com sua arma. O estranho ser tinha o tamanho de um cachorro, a cabeça parecida com a de um carneiro, grandes presas e patas finas. Gioconda Chávez, uma zootécnica que examinou a carcaça, disse que parte da pele junto dos ossos é suave como a de um morcego, suas extremidades possuem grandes unhas e tem uma espécie de crista ao longo da coluna vertebral. As cavidades dos olhos são grandes demais para serem as de um cachorro. Talavera disse que após ter perdido várias ovelhas misteriosamente e encontrado os restos nos currais de sua propriedade rural, não dormiu durante a noite de 26 de agosto para surpreender o exterminador. "Fiz vários disparos de escopeta e acertei o bicho, mas perdi seus rastros de sangue. No entanto, dois dias depois, o vôo circular de vários abutres sobre um determinado local do sítio me levaram até o animal morto". A carcaça do suposto "chupa-cabras" seria levada para o departamento de Biologia da Universidade Nacional Autônoma da Nicarágua (UNAN) para ser estudada. A propriedade de Talavera está localizada nas proximidades do vilarejo de Malpaisillo, província de León, cerca de 130 quilômetros a oeste da capital.

30/08 - Mudança em Buffy

Apesar da atriz Eliza Dushku fugir do assunto, o fato é que ela está sendo preparada para substituir Sarah Michelle Gellar como estrela do seriado Buffy A Caça-Vampiros. Os produtores sabem que a popularidade de Sarah Michelle Gellar vai levá-la – em algum momento – a optar definitivamente pelo cinema. Eliza está insegura com os rumores e chegou a declarar que não tem a mesma capacidade de concentração e trabalho de Sarah. Além de já participar de Buffy, Eliza Dushku está experimentando o gostinho do sucesso no cinema com o recém-lançado Bring It On – maior bilheteria do último fim-de-semana nos EUA – onde interpreta uma cheerleader. "MARATONA DE SÉRIES" episódios de Buffy e Angel serão exibidos diariamente entre os dias 23 de outubro e 3 de novembro (mais repetições no ar, só espero que fique incluido aí a 1 e 2 temporada).


 

  † Listas de discussão por e-mail †

 
Vampyr RPG - O universo White wolf® no Mundo Vampyr.
http://br.egroups.com/group/vampyr-rpg

"O Vampyr-RPG visa promover a discussão do mito vampiro no RPG, discutindo regras e dogmas lançados pelas publicações da White Wolf®. Aqui será permitido tudo sobre o mundo vampiro no universo RPG e esperando obter respostas a todas as perguntas dentro das publicações da White Wolf®. "

Tinta Rubra – Lista de Contos do Mundo Vampyr
http://br.egroups.com/group/tintarubra

"A Tinta Rubra, para molhar o pergaminho antigo. A imaginação solta, mergulhada no beijo negro e na vida eterna sem medos nem receios. Passe a contar tuas histórias, teus segredos e teus desejos. Tua libido liberada no fogo ardente de sangue do Vampiro... a busca.. a força...  Escreva e seja bem vindo ao Grupo de Contos do Mundo Vampyr."

PsyVampyr - Lista de discussão
http://br.egroups.com/group/psyvampyr
http://www.mundomundovampyr.com.br/psyvampirismo

"Lista para discussões sobre vampirismo psíquico, prânico, energético. Todos serão bem vindos desde que respeitem as idéias dos membros."

Anne Rice - BR - Home Page
http://br.egroups.com/group/annericebr
www.mundovampyr.com.br/annerice-br

“Nossa família transcende o gosto pela noite e pela vida. Vislumbre a grande tempestade criativa, ou o marasmo repentino. Não tenha medo, ouse, junte-se a primeira e mais completa família que discute sobre os mais diversos assuntos. Um foco pode ser mantido, Anne Rice, mas nunca nos limite ao óbvio. Visite nosso lar...

Vampirevich
http://br.egroups.com/group/vampirevich
www.mundovampyr.com.br (breve)

“Seja bem vindo a VAMPIREVICH. Esta é uma lista de discussões sobre vampiros na lenda, no folclore de diversos países, na doutrina de diversas religiões e outros tópicos que incluam vampirismo como psicologia, cinema, magia, gótico, diferentes estilos de vida, RPG (Role Playing Game), etc.  A palavra Vampirevich significa filho de vampiro em grego e eslavo.  Da mesma forma Esta lista é "filha" da tradição vampírica mundial. “

† Artigo I - O vampirismo visto pela Alquimia - Shirlei Massapust †

Saudações! Esse é um texto muito especial.

O homem que escreveu esses parágrafos que eu juntei num único artigo é capaz de proferir ataques astrais com 100% de acerto (incluíndo alguns acidentais), tem realmente alguns traços de feições inumanas e pertence a uma família que precisa mandar cremar os corpos dos mortos não apenas porque é um antigo costume druída mas também porque eles simplesmente não apodrecem. Tentei convencê-lo a fazer parte de nossa lista e apresentar-se mas ele recusou-se temendo chamar muito a atenção, pois deseja levar uma vida tranqüila.

Apesar de ter pedido para manter sua identidade em anonimato, ele autorizou-me a enviar o artigo abaixo, com alguns dados pessoais.

O Vampirismo visto pela Alquimia...
(Essas entrevistas ocorreram em 1998)

T:. é um alquimista/ocultista de 38 anos que esteve afastado do Rio por 10 anos. Morava recluso num sítio, próximo a serra de Teresópolis, estudando e praticando sua magia. Retornou ao Rio em Janeiro de 1998. Cruzou o umbral do oculto ainda em sua juventude. Segundo diz: "Nunca ponha limites no seu saber. O impossível não existe... A pedra filosofal não é símbolo nem quimera, inclusive, em minhas pesquisas, cheguei a conclusão, que muitas lendas que se referem ao vampirismo, estão relacionadas as difamações da Igreja com relação aos alquimistas. A própria lenda que para alguém se tornar um vampiro, tem que beber do sangue de outro vampiro, consequentemente imortal, está diretamente relacionada à cor púrpura-sangue do elixir da longa vida... não quero dizer com isto, que não possa se atingir a longevidade pela prática vampírica..."
"É triste o sentimento que advém aos que se aprofundam na senda oculta, a alma se enche ao mesmo tempo de luz e sombras... o mundo se transfigura, a vida deixa de ser como antes, nuances de prazer e dor..."; "A questão do vampiro é ampla. Todo ocultista prático, de certa forma é um vampiro, ele necessariamente absorve uma energia de uma dada fonte para faze-la circular... Eu particularmente prefiro absorver a energia de fontes não humanas, [pois] a energia de outro ente humano, é prontamente absorvida, mas sempre tem seu lado deletério... de efeito nocivo". O vampirismo pode ser praticado "de forma ativa ou defensiva" e, "o sangue é meramente o envoltório da energia vital; O vampirismo verdadeiro, e não lendário age direto na energia..."; "[Há] uma relação direta: Tudo que é feito a nível de energia e no corpo astral, se configurará no físico a nível de energia e no corpo astral, se configurará no físico de qualquer forma, aparentando clinicamente uma anemia sem causa aparente... Se você fere o corpo energético, a chaga aparecerá no físico..." — "Tanto em livros como em vários filmes até, ou contos, encontramos o vampirismo diretamente relacionado com a morte por emparedamento, bem, por lógica, uma morte horrível, de enlouquecer, que vem aos poucos, desidratação e fome progressiva, estas coisas todas... isto tudo gera um estado de semi-morte, a alma em si, pode até se desprender do corpo, mas o corpo astral, este, sede das emoções, fica tão cheio de ira, que resolve a manter a eternidade do corpo físico, a custa de "roubar" energia alheia... uma prática mórbida, mas uma hora destas, entre num cemitério, a título de estudo, e passeie por entre os túmulos, mantenha a sua sensibilidade ativa, sentirás talvez, que próximo a alguns túmulos, você enfraquece... por este tipo de situação, os que já estudaram o Druidismo, preferem ser cremados no momento da morte, minha mãe o foi, eu serei (...) e muito provavelmente minha filha, num futuro longínquo."
O tempo que um vampiro de energia pode viver, vai depender de seu conhecimento e domínio da técnica e prática do vampirismo. Mas não precisa ser vampiro para se viver 200 ou trezentos anos e manter a juventude: "Com o Lápis Philosoforum (pedra filosofal) pode-se viver bem mais até..."


Bibliografia recomendada para principiantes:

* Frather Albertus. Guia Prático de alquimia. (como primeira leitura para principiantes).
* Cristiano Rosa-Cruz. Bodas Alquímicas.
* Irineu Philaletus. Entrada Aberta ao Palácio Fechado do Rei.
* Hermes Trismegistos. Tábua Esmeralda,.
* Mutus Liber
* Ash Mesareph, e outras obras cabalistas.
* Frater Albertus. Lápis Philosoforum. Editora CULTRIX,
* Da uma olhadinha no capítulo dois do livro de Oseias na Bíblia, e acharás a arqueira Diana lá... Bem, se não me falha a memória, no hexagrama 38 do I Ching também...

† Fórum de discussão†
 
Demeter - Fórum de Discussão na Web

www.mundovampyr.com.br - Demeter

www.gothic.art.br - Fórum – Demeter.

Se você não pode se inscrever em nenhum grupo de discussão por e-mail, porque utiliza o e-mail do serviço, ou porque está cansado de receber toneladas de e-mail em sua caixa postal, ou ainda tem o grave problema de falta de tempo; a solução é o fórum, pois você participará das discussões que lhe interessar através da Web, podendo entrar quando quiser, precisando para isso somente acessar a Home Page.
Para acessar o Fórum de discussão Demeter e ler textos e notícias que estão aparecendo sempre você só precisa  clicar no “Ler” da lápide da Demeter na HP do Mundo Vampyr, ou entrar através do  www.gothic.art.br - língua morta - Demeter.
 

Trechos das mensagens do fórum:

• [...] Se pensarmos um pouco, teremos que assumir que isso é até um pouco de culpa nossa, mas me corrijam se eu estiver errado, vampirismo está virando moda. E, alguns livros até então dito raros, andam aparecendo em quantidade por ae, ou será só eu que vejo isso? [...]

• [...] Lilith no Zohar: Muitas tradições orais foram reelaboradas no Zohar (hebraico, significa "esplendor"), editado no fim do séc. XIII, que veio a ser considerado a principal obra da Cabala, escrita como um midrash da Bíblia em aramaico. No Zohar, o mundo emana da Divindade, o Ein Sof, por meio das Sefirot, que pulsam com vida divina. Um subproduto desse processo de emanação é o poder do mal (sitra achra), liderado por Samael e sua hoste de demônios. O livro do esplendor também contém diversos trechos bem elaborados sobre Lilith, seus filhos e filhas, que parecem ter sofrido uma influência significativa do texto das Helaloth e do misticismo da Mercavá. A história mais longa do Zohar mencionando Lilith aparece na parte Sitrei Torah, e fala sobre "a jornada de Jacó": [...]

† Dhampir Mail†

 
Seu e-mail gratuito do Mundo Vampyr - www.dhampir.zzn.com. Agora você pode ter um e-mail personalizado do Mundo Vampyr. [email protected] - Dhampir significa filho de vampiro em várias lendas do mundo. Interessado? http://www.mundomundovampyr.com.br é só clicar em Dhampir Mail.


† Artigo II - Vampirismo Energético - por Morgana †

Este fenômeno é um dos mais complexos. Seu duplo não possui apenas uma forma, mas várias. É impossível dar-lhe um nome, ou atribuir-lhe um só aspecto pois é algo impreciso, todo feito desta "coisa"; a que se chama vampiro. Na falta de outros nomes que he dêem, mais que um corpo, ele é uma energia viva. Uma vontade Larvar... que não sucumbe à morte.

Nas tradições do mundo da magia, afirma-se que o poder do vampiro depende unicamente de sua vontade. Mas estas vontades nada tem a ver com as vontades humanas, pois ela não habita um corpo vivo. Ah, na forma de lobo... uivando à lua, à noite, nessa forma flexível adequada à floresta... às montanhas... ao ermo. Forma também ela feita para a astúcia, essa forma que mata. O vampiro, que tem o poder de ficar com o aspecto de lobo não é somente um amante da licantropia. (sim, por que existem diversos níveis de evolução no vampirismo energético/psíquico; nem todos conseguem controlar sua forma conscientemente). Não é um monstro isolado, perdido na noite e entregue à sua forma animal. Ele contém todos os instintos secretos do animal, suas forças e mesmo para além disto, a faculdade de liderar entre os lobos. O reino animal reconhece nele a energia oculta que lhe vêm de antes da morte. A lenda não esqueceu o peculiar poder do vampiro, quando fala de cães uivando à volta de sepulcros e de animais meio enlouquecidos pela presença destes. O animal reage primeiro que o homem, por que compreende antes deste o que representa um vampiro. É um fenômeno mais complexo; é aquele em que "desfaz" seu duplo, deixando-o em forma de névoa. Pontos de energia minúsculos; de uma intensidade incrível. Um pouco como certos pontos negros do tamanho de uma cabeça de alfinete e que aspiram tudo o que os rodeia nos espaços intersideráis. Hoje em dia dificilmente aceita-se que um ser possa existir além do túmulo; possuindo poder de se transformar, mas a caça selvagem rompe pelas metrópoles: surge a hora em que o sono desce sob as pálpebras, psiquicamente ou, a solta nas ruas. O homem se imobiliza diante do mundo ecrã da televisão enquanto em algum lugar um cão qualquer uiva; eles bem sentem que a morte acompanha sempre a noite.

Anel de Sites

Filius Noctivagus Vampyr Web Ring
http://www.filiusnoctivagus.cjb.net/

Os sites incluídos em nosso webring precisam ter algum material sobre vampiros que possa ser aproveitado para que possa ser cadastrado. Em nosso webring, hoje, contamos com uma lista de 22 sites cadastrados, variando entre temas como vampiros psíquicos, sanguíneos, RPG, poemas, e assim por diante. Todo site que está lá, está lá por que existe um motivo para que você o visite. Confira a lista e inscreva-se: http://www.filiusnoctivagus.cjb.net/

ou clicando no logotipo dos Filius Noctivagus dentro da Home Page do Mundo Vampyr.

Mundo Vampyr Zine

 
O Vampir Zine continua cadastrando pessoas para o envio da primeira edição que deverá sair junto com o conteúdo literário do novo site. Para se inscrever, vá até a home page e clique na figura do Vampyr Zine. O Vampyr Zine é um jornal em papel que será remetido sem custo algum aos usuários interessados do Mundo Vampyr. O zine trará matérias sobre vampirismo e curiosidades relacionadas ao Mundo Vampyr.

 

Camisetas - últimas unidades

 
Camisetas da antiga home page ainda podem ser compradas, últimos exemplares.
Tornar-se-ão espécies raras em breve.  Camisetas

por R$14,00 mais o envio.

Faça o seu pedido: www.mundovampyr.com.br


 

Artigo III - Vampiros Reais parte I - Por Obito
Eu entrei no bar e pedi para o bartender: "Me de uma dose dupla do que quer que seja que você tenha ai! Um Bourbon, um scotch e uma cerveja."

Você pode passar uma grande parte da vida pesquisando e estudando sobre vampiros mas mais cedo ou mais tarde não interessa o conhecimento que você tenha adquirido, não vai descansar enquanto não encontrar um de verdade.

Para achar um vampiro real você tem que saber driblar um pequeno problema: você tem que saber exatamente o que é um vampiro para poder encontrar um. Muito tempo atrás achar um vampiro era fácil, era só perguntar para alguém se sabiam de alguma pessoa que havia morrido recentemente tinha sido vista zanzando pelas ruas da cidade à noite. Hoje em dia não é tão fácil assim, ou melhor, É tão fácil assim: basta entrar em uma sala de bate-papo ou se conectar a um Mirc da vida e você acha vampiros de monte, vampiros psíquicos, vampiros de sangue, vampiros transformados, vampiros nascidos, vampiros hereditários e mais uma miríade sem fim.

Cansado de encontrar jogadores de rpg, adolescentes sem vida social, pessoas góticas querendo chamar a atenção resolvi sair para encontrar "o" vampiro, the real thing. Vampiros, os reais, são como pessoas, ao que parece, estão em todo o lugar é questão apenas de encontrar um e fazer as perguntas, eles adoram falar sobre o seu estado, e logo você descobre um padrão para achar outros.

Aqui no Brasil o terreno não é tão fértil, a maioria dos "vampiros" adora incluir Caim em suas conversas e no final quando você lhe pergunta se ele é realmente vampiro ou apenas joga rpg a resposta vem rápida, primeiro um engasgo onde todo o ser dele quer gritar EU SOU UM VAMPIRO e então, com o brilho no olhar já sumido e encarando o chão ele responde o que sabe ser a verdade, "Só gosto de jogar." Provavelmente o nosso clima tropical faz com que a maioria de nossos vampiros fujam para o sul em busca de temperaturas mais amenas e invernos mais longos, o que de maneira nenhuma quer dizer que todos eles estejam por lá, pesquisando com cuidado você descobre desde relatos do interior e do Nordeste, até aparições e ataques na Amazônia.

O primeiro lugar onde encontrei vampiros reais foi nos Estados Unidos, onde a comunidade vampírica não só é grande como é também organizada. É bem comum se descobrir por lá centros de apoio para o vampiro. Praticamente cada estado americano tem seu centro e todos eles estão ligados em uma teia onde todos trocam informações com todos, onde existem listas de vampiros que procuram outros de sua espécie para poderem discutir seja lá o que seja que dois vampiros discutem quando estão juntos, eles organizam eventos para vampiros, tours para vampiros, onde se pode encontrar lugares que sejam vamp simpatizantes e ninguém precisa se preocupar em esconder o que realmente é. Nos Estados Unidos é curioso notar como o número de garotas com menos de vinte anos que se dizem ser vampiras reais é grande, a comunidade masculina tem na sua maioria indivíduos entre 20 e 27 anos. Uma vez encontrado um desses centros encontrar o seu vampiro real é um estalar de dedos. O que eu escolhi foi o de New Jersey.

O que aconteceu então não me surpreendeu nem um pouco. Na minha frente um garoto de provavelmente uns 21 anos, usando uma camisa de seda vermelha com os últimos botões abertos mostrando um peito liso, usando um sobretudo preto e com o cabelo penteado para trás e preso com um elástico, um sorriso largado no canto da boca, resultado de provavelmente inúmeros encontros como este. Depois de alguns instantes de silêncio surgiu uma garota rindo alto acompanhada de uma amiga, ela passou direto por mim e abraçou o pescoço do rapaz à minha frente, beijou os lábios dele e se virou para mim com a agilidade de quem está acostumada a isso.

"Sabe, virar um vampiro não vai de fazer mais bonito", disse ela sorrindo e deixando à mostra os caninos, não maiores do que os de qualquer garota da idade dela. "Você não vai descobrir a vida eterna"

"Nem ficar rico e nem tornar sua vida glamourosa..." emendou a amiga, uma garota que escondia a idade por trás da maquiagem pesada e estava usando um casaco branco felpudo que chegava aos joelhos, meias calças pretas. "Se transformar em um vampiro não vai resolver nenhum dos problemas que você tem agora..."

"Mas pode te encher de problemas novos.", terminou a garota ainda dependurada no pescoço do namorado, e olhando uma para a outra ambas riram e acompanhadas do garoto saíram andando pelo corredor. Até hoje eu não acredito que elas jamais tenham realmente pensado em dormir juntas apesar da imagem que tentavam passar, para a infelicidade do rapaz.

Depois de alguns segundos apareceu um segundo rapaz, este já aparentando mais idade, com uma barba preta cortada quase rente ao rosto, mais ou menos da minha altura e com uns quilos a mais. Estava usando jeans pretos, botas de couro combinando e uma camisa preta com os dois últimos botões também abertos. À mostra em seu pescoço uma correntinha de prata com uma cruz invertida dependurada. Chamou-me pelo nome e me convidou a sentar junto com ele. "... encher de novos problemas? Why not?" pensei comigo e o segui pelo corredorzinho que terminava no salão do bar.

Lá dentro a música era alta, alguma banda alemã, eu o segui a uma mesa de canto, onde já estavam sentadas mais três pessoas, uma garota morena e dois outros rapazes, que já estavam bebendo e conversando alto.

Depois de feitas as apresentações pedi um copo de whiskey e sem rodeios perguntei: "Então, como vocês se tornaram vampiros?". Me olhando como se eu fosse um mendigo sujo de lama que ela encontrasse dentro do seu carro na garagem do shopping na boa fumando um baseado e ouvindo alguma estação de música no rádio a garota, Jéssica, simplesmente respondeu: "Eu nasci uma vampira" e todos ficaram me olhando como se eu fosse a criatura mais estúpida do mundo. Dando dois goles do Whisky, tomando cuidado para não engolir as pedras de gelo eu perguntei: "Se você nasceu uma vampira, como sabe que é realmente uma? Eu imagino que seus pais não sejam vampiros e que você tenha frequentado uma escola de pessoas 'normais', então como sabe que é uma?", novo silêncio na mesa, mas dessa vez o silêncio era outro, era como o de um pai que de repente tem que responder para o filho porque o céu é azul, e apesar de sempre ver o céu nunca ter parado para pensar no assunto.

Os rapazes, cujos nomes eu não me lembro, pararam de conversar, um deles olhando para a ponta dos próprios pés, como se sentindo vergonha de ter ouvido a pergunta e o outro olhando para a garota, esperando para ver o que ela ia responder.

"Bom", ela começou "Você sabe quando é um vampiro, você sente isso. Tipo pode esquecer aqueles testes que você faz para somar os pontos no final e ver qual a sua resposta, você lê pesquisa e de repente tudo se encaixa e você sabe que é um vampiro, nasceu sendo um e vai morrer sendo um."

"Várias pessoas que curtem V:TM também 'sabem' e 'sentem' que são vampiras, qual a dif..."

"Não é a MESMA coisa" ela me interrompeu. "Eles são um monte de wannabe's (aspirantes). É só uma fase que passa com o tempo, eles se fazem de vampiros e depois enchem o saco e deixam disso, não tem nada a ver".

"Certo, então vamos deixar isso de lado. Quando foi a primeira vez que você experimentou sangue e o que sentiu?"

"Um vampiro não precisa beber sangue para ser vampiro"

'Shit', pensei comigo mesmo, parece que a noite tinha ido por água a baixo. Terminei de beber o copo, e mastigando uma das pedras de gelo tirei algumas notas do bolso para pagar a bebida e me despedi saindo.

Para ouvir respostas como essas eu não ia precisar ter tido todo o trabalho de falar com o pessoal do centro, aguentar egos maiores do que o obelisco em frente ao parque do Ibirapuera e marcar esse encontro. Sai e olhando as horas no relógio peguei um pedaço de papel no bolso do meu casaco e vi o endereço de outro bar Vamp simpatizante nas imediações. Uma corrida de táxi de 15 minutos e eu estava lá. Ambiente diferente, a música apenas servia para não deixar a distância entre os grupos sem som. As pessoas estavam vestidas com roupas menos espalhafatosas e muita gente estava com óculos escuros de marca, quase todos com copos na mão. Me aproximei do bar, pedi outro whiskey, "Thanks, but no ice cubs this time babe" disse para a bartender, uma garota alta magra e com os caninos pontudos, esses sim bem maiores do que os de uma garota da idade dela. Peguei meu copo e procurei um grupo mais ou menos agitado, me aproximei rindo junto com eles e antes que todos da roda percebessem que tinha um cara novo lá no meio emendei, "Pois é, ouvi que vocês são vampiros reais, como vão as coisas por aqui?". O silêncio do grupo chamou a atenção dos outros lá dentro que começaram a olhar para a nossa direção. Então, provavelmente já bem embalado pelo que bebia, um deles começou a rir, fazendo com que os curiosos voltassem a conversar entre si. Quando ele terminou de rir muitos do grupo estavam mais relaxados e bebendo o que parecia ser algum licor vermelho escuro, o cheiro lembrava canela.

"Wannabe?" perguntou colocando o copo que segurava em cima de uma mesa para se recompor.

"Não", eu respondi, e vendo que o copo dele estava quase vazio perguntei se eu podia pagar uma bebida para ele, sorrindo ele aceitou e fomos para um canto do bar, ele chamou a bartender pelo nome e apontou para o copo, ela trouxe uma garrafa sem rótulo e encheu o copo quase até a boca com o seu conteúdo. Assim que ele deu o primeiro gole perguntei: "Então, nasceu assim ou foi transformado?"

"Pode-se dizer que eu fui despertado (awekened)", ele me respondeu, desta vez sério.

"Quer dizer então que já era um vampiro e não sabia?"

Depois de alguns segundos me olhando, parecendo considerar algo me convidou para ir sentar com ele, chegando na mesa ele respirou fundo e começou a falar.

"Eu acho que certas pessoas são mais propensas a serem ou se tornarem vampiras. Eu acredito que elas já nascem com isso e mais tarde, quando isto se manifesta é como se ela despertasse. Ou se alguém que é um vampiro está diretamente envolvido neste despertar as pessoas podem se confundir e achar que essa pessoa desapertada foi na verdade 'transformada'. Eu tenho certeza de que em algumas pessoas isso nunca se manifesta, mas para aqueles em que essa manifestação acontece, pelo menos para os sanguinários, ou vampiros de sangue, geralmente a troca de sangue está envolvida, ou simplesmente o ato de beber o sangue de alguém, ou mesmo o próprio sangue."

'Bingo' pensei comigo sorrindo e dando um gole do copo.

"E como você despertou? Sozinho ou com a ajuda de alguém?"

"Com a ajuda da criatura da noite mais bela que já pisou nessa cidade" Ele respondeu em um tom de voz mais alto.

"Só nessa cidade?" Uma voz feminina fingindo ultrage respondeu atrás de mim.

"Essa é Jasmin", ele disse olhando para mim. "Foi ela a responsável" e lhe beijou o pescoço pálido.

"Quem é ele?", ela perguntou sem olhar para mim, pegando o copo do namorado e dando um gole.

"Provavelmente algum garoto de faculdade fazendo uma pesquisa sobre nós"

Eu sorri e continuei "Então quer dizer que você estava andando por ai e foi atacado por ela e descobriu que era um vampiro, mas precisava de um empurrãozinho para descobrir isso?"

Foi a vez dela rir, ele apenas sorriu e bebeu. "Ele não foi atacado", ela disse olhando com carinho para ele. "Ele se ofereceu como meu doador e só depois do nosso terceiro encontro descobriu que era um de nós"

Naquela noite eu descobri como funcionava o mundo dos "doadores", como eram chamadas as pessoas que se ofereciam para servirem de alimentos para os vampiros chupadores de sangue. Os vampiros possuem um código de ética muito forte quando o assunto é arranjar sangue para beber, a idéia principal é:

Lembre-se disso: Aqueles que te alimentam são pessoas, homens e mulheres, seres humanos. Assim como você também é um, apesar do que você possa pensar ou do que tenham lhe dito por ai. Você não é melhor do que eles, apenas diferente. "Humanos" não devem ser vistos como gado ou serem dominados por aqueles que são vampiros.

Além disso, existem algumas regras básicas a serem seguidas caso você descubra ser um vampiro ou seja transformado em um:

- Se certifique que seus doadores sejam adultos responsáveis;

- Se certifique que eles tem todos os testes de sangue e saúde em dia. Nunca pense que "o pior" não pode acontecer com você;

- Deixe que eles, e não você, faça as honras; tecnicamente o que está prestes a acontecer é um ataque da sua parte. Se possível faça com que eles assinem algum documento deixando claro que eles estão cientes que vão ser "atacados" por você, isso não vai te ajudar caso eles resolvam virar as costas para você, mas pelo menos você vai ter um documento assinado dizendo que ele consentiu em deixar você beber o seu sangue;

- Tome todas as precauções sanitárias;

- Estude o Gray's Anatomy (um ótimo livro médico de anatomia). Lá você encontrará muitos diagramas coloridos da anatomia humana. Desta forma você não acabará ferindo e até possivelmente matando alguém por que as veias, artérias, tendões, músculos, etc. não estavam exatamente onde você esperava que estivessem;

- Nunca, jamais, tente beber o sangue de uma pessoa contra a vontade dela. Se o seu doador ou doadora parecer ter a menor dúvida sobre o que vai acontecer desista da idéia;

- Confie nos seus instintos, mas não se apóie cegamente neles.

Seguindo essas regras o vampiro vai poder ficar em paz, se manter fora da cadeia e viver uma vida muito mais longa e saudável.

Depois de algumas horas de conversa resolvemos marcar um novo encontro dois dias depois para continuarmos falando sobre o assunto. Levantei e me despedi, quando estava me virando para sair Mark, esse era seu nome, me perguntou: "Você não é um 'garoto de faculdade' fazendo um trabalho, não é?"

"Não, não sou", eu respondi e sai.

Uma coisa interessante sobre os vampiros de hoje em dia é que aparentemente eles sofreram uma involução na "grande cadeia alimentar". Das noturnas criaturas de outrora, temidos predadores eles se transformaram em "parasitas" domesticados. Hoje o principal interesse é em manter seus doadores saudáveis para ter sempre de onde se alimentar.

Já estava amanhecendo e eu tinha um encontro no dia seguinte antes do almoço com outro tipo de vampiros, os Vampiros (reparem no "V" maiúsculo, eles parecem querer dizer sempre). Olhei para o papel em minha mão para olhar pela terceira vez o endereço que Mark e Jasmin tinham me passado para o próximo encontro, dessa vez olhei com calma, parecia ser o endereço de uma casa residencial, não me preocupando em memorizar o endereço dobrei o papel e guardei de volta no bolso do casaco. Se eu gostasse de fumar provavelmente teria acendido um cigarro naquela hora, para dar uma tragada demorada enquanto sentia o frio da madrugada que estava acabando, mas como eu não suporto o gosto dessas merdas eu apenas pus as mãos nos bolsos e fui andando para o motel onde estava hospedado.

continua... no próximo letter.

Vampyr Web Chat

 
É possível acessar o canal  #vampir direto da web!  Lá você irá encontrar vários operadores do Mundo Vampyr, assim como sempre irá ter alguém disposto a conversar com você, mesmo que para isso você precise insistir um pouco, nem sempre os usuários estão receptivos. :þþþ Mas vale a pena tentar, quando você gruda no  #vampir não desgruda tão fácil.

Para entrar na sala de bate papo vá até www.mundovampyr.com.br

O Web chat enviará você para o #vampir do IRC. Assim, você pode decidir entre IRC e Web. Para acessar o canal através do IRC.  Entre pela Brasnet – irc.brasnet.org - e digite /join #vampir


 

Conto - Unidos para sempre - Adriano Siqueira

 

Quando dei o anel para ela nunca imaginei ser presenteado com uma noite tão linda!

Mas aquele carniceiro tinha que atacar aquela noite? Aquele vampiro sem alma! Atacou sem pensar duas vezes! Arrancou o coração de minha amada noiva. Porque? O que eu tinha feito no mundo para compartilhar dessa angústia de tê-la perdido para sempre?

Mesmo quando meu avô enfiou uma estaca no seu peito eu sentia que ela ainda era minha... Fui no cemitério, à noite. Queria ela de volta e sabia exatamente o que deveria fazer. Mas parece que alguém também teve a mesma idéia. Alguém com uma capa... não conseguia ver quem era. Tinha várias pessoas descavando a tumba de minha amada! Por mais que lutasse, era inútil; eles eram fortes e me seguraram até abrirem a tumba. Aquele homem de capa... agora eu conseguia vê-lo melhor... era meu avô!

Ele tirou a estaca e a acordou... ela estava linda! Colocou-a perto de mim, abriu um livro e começou a ler:

— Meus amigos, estamos aqui para anunciar o casamento destes dois filhos de Deus! Ela gritava como se queimasse no inferno! E eu era presenteado com aquela noite tão bonita!

Expediente e agradecimentos

 
Mundo Vampyr Newsletter é um informativo mensal do Portal Mundo Vampyr. Os textos assinados são de inteira responsabilidade dos respectivos autores.

Agradecimentos desta edição:

O Mundo Vampyr Letter agradece a todos que colaboram de alguma forma com o informativo.
Nós não poderiamos existir se não fosse o esforço que todos dão de alguma forma. Agradecemos neste informativo aos colaboradores:

Adriano Siqueira, Alex Tosetto, __Diablo__, Hurlon, Morgana, Obito, Shirlei Massapust, e aos usuários do Mundo Vampyr, ao diário da caçadora lista de discussão pela informação sobre os episódios da série Buffy, e a você principalmente leitor do MVL.


 

† F.A.Q.

Como faço para receber "O Mundo Vampyr NewsLetter" gratuitamente?

Para receber as próximas edições do MVL gratuitamente em seu computador, basta enviar um email vazio para: [email protected]

Como cancelo minha assinatura?

O cancelamento é totalmente automático. Envie um email em branco, sem subject para:

[email protected]

Qualquer problema escreva para: [email protected]

Estou mudando de e-mail. Como altero o meu cadastro?

Para receber o Mundo Vampyr em outro endereço descadastre seu mail atual e cadastre o novo seguindo as instruções descritas acima.

Posso publicar alguma notícia ou artigo em meu website?

Sim. Todos os assinantes podem colocar as noticias publicadas aqui em seus sites, desde que cada noticia seja publicada intacta, sem alterações e informando o nome do autor no inicio do texto e a seguinte linha, no final:

[Texto extraído do newsletter gratuito da Comunidade Vampírica Brasileira Mundo Vampyr: que você pode receber em seu computador escrevendo um email vazio sem subject para [email protected]]

Posso repassar o newsletter para listas de discussão?

Sim. Ajude a divulgar o Mundo Vampyr. :-[

Tenho informações que gostaria de enviar. Posso enviar por e-mail?

Precisamos sempre de colaboradores. A busca de material e fontes para pesquisa de vampirismo não é tão fácil de se encontrar. Ajude enviando informações, matérias, notícias 'suspeitas' que aparecem em sua região ou que chegem a seu conhecimento. Todo material será verificado e, se aprovado, incluído no boletim do Mundo Vampyr com os devidos créditos.

As mensagens podem ser encaminhadas por e-mail:

[email protected]

ou via postal:

Mundo Vampyr
Caixa Postal 2128 - Ag. Central
São Paulo - S.P. Brasil - CEP 01060-970
 

† SPAM

O Mundo Vampyr é enviado SOMENTE para pessoas que optaram por recebê-lo, através dos meios descritos acima. Este newsletter NÃO é enviado para quem não pediu para recebê-lo. Portanto, se você recebeu este newsletter sem ter se cadastrado, ele provavelmente foi enviado por um amigo seu. Verifique para saber quem enviou. Ou peça o seu descadastramento. Enviando uma mensagem em branco para:

[email protected]

Esta mensagem é enviada com a complacência da nova legislação sobre correio eletrônico, Seção 301, Parágrafo (a) (2) (c) Decreto S. 1618, Título Terceiro aprovado pelo "105 Congresso Base das Normativas Internacionais sobre o SPAM". Este E-mail não podera ser considerado SPAM quando inclua uma forma de ser removido.

Parceiros e Links – Visite: (links em ordem alfabética)


http://www.mundomundovampyr.com.br/annerice-br
http://www.filiusnoctivagus.cjb.net
http://www.gothic.art.br
http://www.mundomundovampyr.com.br/psivampirismo
http://www.quark.ol.com.br

† Publicidade †

 
Para manter o Mundo Vampyr existe um custo, devido a essa necessidade estamos aceitando publicidade em nosso informativo, site e zine. Anúncie sua loja, empresa, site. Envie uma msg para [email protected] com o subject publicidade.


 

© Copyright 1999-2000 Mundo Vampyr - Todos os direitos reservados | Volta a página principal.